top of page
  • Refrigeração Manchester

ENTENDA COMO FUNCIONA O CONTROLE DE QUALIDADE DO AR INTERIOR E POR QUE SE PREOCUPAR.


Em um ambiente fechado, sem renovação de ar, quando alguém espirra ou tosse é emitida até 20.000 partículas por centímetro de cubico no ar com carga viral. Estar partículas se dividem em macro e micro partículas Os macros partículas logo caem ao chão ou superfícies, no entanto, os menores ficam flutuando no ar por aproximadamente 20 a 30 minutos. Tempo suficiente para contaminação.

Os sistemas de climatização tem a função de reduzir a temperatura e retirar a umidade do ar interior, mas a degradação do ar continua ao longo do tempo.

Por isso, é muito importante a limpeza periódica dos sistemas de ar condicionado bem como a implantação de sistemas de renovação de ar para ambientes de trabalho fechados ou de grande circulação de pessoas.

A renovação do ar pode ser feita de forma mecânica, por meio de ventiladores (insufladores ou exaustores) e dutos, onde a degradação do ar é retirada do ambiente.

Todavia, para o controle da eliminação de vírus e bactérias é recomendado ainda à instalação de tecnologias a base de lâmpadas ultravioleta UVC e filtros HEPA nos sistemas de condicionadores de ar e dutos. Outros equipamentos com aplicação de peróxido de hidrogênio também são utilizados em conjunto com o sistema de ar condicionado reforçando a biossegurança do ambiente. Recomendando para clinicas, hospitais, laboratórios etc.

Lembrando que a implantação do PMOC (Plano de manutenção, operação e controle) é regulamentada por lei e obrigatória para todos os ambientes de trabalhos fechados e com circulação de pessoas.


Referências:

NBR-7256 – Tratamento de ar em estabelecimentos assistências de saúde (EAS).

Resolução Nº 9 – ANVISA.

Lei federal 13.598 de 2018.




Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page